no , , ,

Anvisa aprova uso emergencial de vacinas CoronaVac e AstraZeneca no Brasil

CoronaVac e AstraZeneca são os dois primeiros imunizantes autorizados no Brasil.

A Anvisa –  Agência Nacional de Vigilância Sanitária –  aprovou na tarde deste domingo (17/1) o uso emergencial de duas vacinas contra a Covid-19 no Brasil. Poderão ser utilizadas a CoronaVac, produzida pelo Instituto Butatan em parceria com o laboratório chinês Sinovac, e também a AstraZeneca, da Fiocruz com a Universidade de Oxford (Inglaterra).

A votação pelos cinco diretores foi por unanimidade pela liberação do uso dos imunizantes, que deve ser publicada no Diário Oficial da União ainda neste domingo. As duas vacinas foram recomendadas com ressalvas pela gerência técnica da agência. 

Agora, o governo poderá complementar seu plano nacional de vacinação, com definição de fases e datas. Os primeiros beneficiados devem ser profissionais da saúde e pessoas em grupo de risco.

Logo após o anúncio, o governo de São Paulo promoveu a primeira vacinação contra a Covid-19 no Brasil. A beneficiada foi Mônica Calazans, de 54 anos, enfermeira do Hospital Emilio Ribas, que recebeu uma dose da Coronavac.

A questão da vacinação já gerou grande judicialização. Na advocacia, a Comissão de Direitos Humanos da OAB-SP lançou o manifesto “Vacinação Já”, que reivindica o início imediato da vacinação gratuita para toda a população.

Agora é só aguardar a divulgação do início da vacinação.

Escrito por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregamento

0

Comentarios

0 comentarios

Homem que compartilhou pornografia infantil nas redes sociais deve cumprir pena em regime fechado

Mantida na Justiça Federal investigação sem vinculação eleitoral contra Eduardo Paes e Pedro Paulo